Rio de Janeiro

Brazil



Address:
Avenida Pedro Álvares Cabral, s/nº Pavilhão Manoel da Nóbrega Parque do Ibirapuera, portão 10
Rio de Janeiro
Phone: 00551130321599

Museu Afro Brasil

Já no século XVII o Padre Antônio Vieira afirmava que “o Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África”, reconhecendo a importância de um legado negro que tem papel de matriz formadora da cultura brasileira. Por isso o Museu Afro Brasil não pretende ser um museu do negro ou sobre o negro, museu de um gueto étnico ou cultural, nem tampouco um museu do folclore, reduzindo a “curiosidades do passado” as raízes mais profundas das expressões da cultura brasileira. Ao contrário, o museu se propõe a re-visitar nossa história, passar a limpo nossa memória, para interrogar-nos sobre a formação de nossa sociedade e nossa cultura, fazendo-o, porém, da perspectiva do negro, a partir do olhar e da experiência do próprio negro. Não reconhecer ao negro o direito a esse lugar, negar a importância de sua contribuição, que perpassa todas as manifestações culturais do Brasil, seria passar um mata-borrão sobre uma saga de mais de cinco séculos de história e de dez milhões de africanos triturados na construção deste país.

Sendo um museu brasileiro, o Museu Afro Brasil não pode deixar de ser também um museu da diáspora africana, pois a presença do negro, no Brasil e nas Américas, é indissociável da experiência de desenraizamento de milhões de seres humanos arrancados aos seus lugares de origem graças à instituição da escravidão. É a escravidão que, na diáspora, força o contato e o intercâmbio entre membros de diferentes nações africanas e produz as mais diversas formas de assimilação entre suas culturas e as de seus senhores, bem como de resistência à dominação que estas lhes impõem. O Museu Afro Brasil ... [ Read all ]






Opening hours

O Museu funciona todos os dias, exceto às 2ªs feiras

Horário de atendimento:
Público espontâneo: das 10h às 17h
Visitas agendadas: das 9h às 16h


Getting there

Avenida Pedro Álvares Cabral, s/nº
Pavilhão Manoel da Nóbrega
Parque do Ibirapuera, portão 10
04094–050 - São Paulo – SP
Outros telefones: 5579-8542 / 5579-7716 / 5579-6399




Museum internal and external photos (2)

Click on the images to enlarge



News and events

O Museu Afro Brasil conta com uma programação de atividades culturais que proporcionam o resgate e a ampliação da experiência estética em relação à nossa afrobrasilidade. Neste sentido, divulga e apóia ações e instituições voltadas para a produção cultural brasileira. Nos espaços expositivos, no auditório do Teatro Ruth de Souza e também nas áreas externas são realizados lançamentos de livros, sessões de filmes, shows, performances, debates e encontros. Esses eventos têm como objetivo fazer deste Museu um espaço de encontro, diálogo e reflexão a respeito das relações étnico-raciais.


Education

Em consonância com a concepção que orienta o próprio Museu, o Núcleo de Educação nasce com o desafio de mediar a relação do público com as exposições. Essa mediação envolve as visitas orientadas, cursos, oficinas, seminários eventos e publicações que têm como eixo a desafiadora tarefa de desconstruir um imaginário da população negra, construído ao longo da nossa história pela ótica da inferioridade, e transformá-lo em um imaginário fundado no prestígio e no pertencimento.

É por meio da observação e do diálogo que buscamos promover a aproximação dos visitantes com os conteúdos, concepções e abordagens que orientam este Museu. Aqui, tempos e espaços diferentes e distantes se aproximam e são atualizados. Ao recuperar a memória da população negro-africana, esta instituição cultural inédita se integra ao patrimônio edificado da cidade e traz consigo uma inadiável missão educativa: fazer reconhecer, entender e, sobretudo, respeitar essa população, em uma tentativa ousada de reescrever a nossa memória e a nossa história.


Groups

Visitas e oficinas:
As Oficinas de Criação estão centradas na experiência estética e artística como condutora de processos educacionais voltados para o conhecimento, resgate, valorização e reapropriação da história, memória e arte brasileiras e suas matrizes culturais mais determinantes. Essas oficinas são integradas às visitas orientadas e representam parte essencial das mesmas.
Atualmente o Núcleo de Educação do Museu Afro Brasil oferece dois formatos de oficinas que são realizadas a partir da definição de um tema relacionado a um dos núcleos expositivos:

1 – Em um encontro: oficina realizada na primeira visita, caracteriza-se pela produção de um registro gráfico que dialoga com aspectos abordados durante a visita orientada.

2 – Em dois encontros: numa segunda visita ao museu, o grupo escolhe um núcleo temático para aprofundar o conteúdo e realiza uma produção artística ou literária.


Schools

Para agendar visitas c/ educadores:
Pelo telefone: 5579-0593 Ramal 121, com Alzileni, de 2ª a 6ª, das 8h30 às 16h30
Por e-mail: educmuseuafrobrasil@yahoo.com.br - Aos cuidados de Alzileni